(51) 3584-4977   |     Locação (51) 98445-3994   |     Vendas (51) 99308-5482

Novidades

Mercado imobiliário poderá reagir com crescimento de até 10% em 2017

26abr 2017

Previsão de queda na inflação – que deverá ficar em torno de 5,07% de acordo com o Banco Central -, estimativa de declínio nas taxas de juros e crescimento de aproximadamente 1,3% do PIB (Produto interno Bruto) são os pilares que deverão movimentar positivamente o mercado imobiliário em 2017.
De acordo com especialistas, o segmento apresentará recuperação lenta e gradual, mas será bem diferente do que foram os últimos dois anos, podendo atingir um crescimento de até 10% nas unidades comercializadas em comparação a 2016, ano em foram financiados 199,7 mil imóveis, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

“Por outro lado, a recuperação do emprego e da renda das famílias, que também são componentes fundamentais para a reação do mercado, deverá demorar um pouco mais para ocorrer, pois dependerá do reaquecimento da economia com um todo. Ao mesmo tempo, o governo tem sinalizado firmemente que pretende obter um reequilíbrio fiscal, mediante a reforma da Previdência, do limite de gastos públicos e outras medidas. Isso é muito relevante para que investidores e famílias voltem a ter confiança e invistam em projetos de empreendimentos de longo prazo, como são os do mercado imobiliário”, explica Odair Senra, vice-presidente de Imobiliário do Sindicato da Construção (SindusCon-SP).

Foto: Reprodução/Shutterstock Fonte: ZAP em Casa